Crítica: The Amityville Haunting (2011) - Sessão do Medo

7 de janeiro de 2012

Crítica: The Amityville Haunting (2011)


Comecei o meu 2012 com o pé esquerdo com uma grande decepção, trata-se do filme The Amityville Haunting. Filme que foi lançado lá fora direto em DVD esse Mês. Pra quem não sabe a franquia Amityville é uma das maiores franquias de terror do cinema, são oito filmes e um remake. O primeiro filme foi baseado no livro de Jay Arson e contava os eventos que ocorreram na mansão de Amityville, onde o filho mais velho da Familia DeFeo matou a sangue frio toda a família e onde 1 ano depois os Lutz se mudaram e presenciaram coisas sobrenaturais. O 1º filme fez sucesso e deu origem a várias outras continuações, onde só um filme foi realmente bom chamado Amityville II: A Possessão (1982), os outros são entre regulares e ruins, mas muito superiores a esse que eu vou comentar agora.

O filme se intitula Amityville, mas nada tem a ver com a franquia de filmes de mesmo nome. The Amityville Haunting nada mais é do que uma cópia dos 3 filmes da série Atividade Paranormal com o titulo Amityville em cima pra dar status. O filme é muito ruim e pouco tem a ver com a franquia. Em vez de se chamar The Amityville Haunting, devia se chamar The Paranormal Activity Rip-Off


Além de ter pouco a ver com os filmes da franquia Amityville, esse contradiz o filme original, o remake e o livro baseado nos eventos de Amityville, dizendo em uma das cenas que Ronnie DeFeo era inocente e que o culpado pelas mortes na casa em 74 era a irmã dele. Queria saber quem foi o gênio que inventou essa ideia absurda para esse filme, já que o cara continua preso até hoje. 

O filme foi feito pela Asylum, produtora picareta responsável por vários rip-offs de filmes de sucesso, recentemente lançaram um filme chamado Entidade Paranormal que é um plagio descarado de Atividade Paranormal. O caso de Amityville é a mesma coisa, um rip-off de um filme que ainda não foi lançado chamado Amityville: The Lost Tapes, só que eles pegaram a ideia do filme e copiaram os 3 Atividades.

O enredo é mais do mesmo, uma familia se muda pra casa de Amityville onde são assombrados por espiritos dos que morreram lá. Diferente dos outros filmes da série, nesse as assombrações ficam ocultas e não tem tanta presença como deveria. Boa parte das cenas de assombração são portas abrindo sozinhas, a garota falando com um amigo imaginário, coisas se mexendo sozinhas... 


O filme não tem nenhuma construção de suspense e o terror não funciona, os sustos são falhos e o enredo nem um pouco surpreendente.

As aparições dos fantasmas são risíveis e de deixar qualquer fã do terror envergonhado, em algumas cenas o filme se torna uma comédia involuntária. O filme cópia várias coisas da franquia Atividade Paranormal, o lance de câmera gravando a casa enquanto todos dormem, portas se movendo sozinhas, a garotinha que tem um amigo imaginário e por ai vai... 

Eu não costumo criticar atuações, mas nesse caso eu tenho que comentar que os atores são muito ruins. Além de serem ruins os seus personagens são insuportáveis e sem nem um pingo de carisma. O pai só sabe fazer cara de sério e dar esporo na família, a mãe hora fica histérica, hora fica ''to cagando pra tudo'', a filha mais nova pouco aparece, só aparece pra falar que tem um amiguinho imaginário, a irmã mais velha não faz porra nenhuma a não ser ficar com cara de irritada com tudo e todos, mas o mais irritante é o moleque que grava o filme, que toda hora vira a câmera pra ele mesmo e começa a falar merda como se fosse um vlogger fazendo o seu vídeo diário. 


Os cortes que simulam que a câmera está com defeito e repedido a exaustão, tornando tudo insuportável de tão irritante. Momento nenhum eles usam a técnica de filmagem a favor do filme. 

Outro defeito grave é a ambientação da casa, em nem um segundo parece ser aquela casa icônica de Amityville. Fica em uma vizinhança cercada de outras casas e momento nenhum é mostrada de frente no lado de fora como nos outros filmes. Não mostrar aquela casa foi o mesmo que fazer um filme com Jason sem a máscara, ou o Freddy Krueger sem a luva, o chapéu e casaco listrado. Aquela casa é tão icônica quanto os vilões citados. 

Ao ver o filme tive a sensação de que ele não foi feito como parte da franquia e que os produtores conseguiram os direitos sobre o titulo quando o filme tava sendo filmado, só tem uma ou outra referência a Amityville, o resto é só mais um filme que copia Atividade Paranormal.

Deveria existir alguma lei de proteção contra filmes ruins que levam uma marca famosa, porque Amityville é uma marca, pessoas vão assistir esse lixo por carregar o titulo Amityville. 

O filme é curto são apenas 86 minutos, mas parece ser bem mais longo devido à forma como se desenrola, de forma super lenta e sem grandes novidades. 


Sem dúvida é a pior continuação da franquia, se é que pode ser considerado parte da franquia. Eu não sou do tipo ‘‘ame ou odeie’’, em todos os filmes que eu assisto, eu tento ver a parte ruim e a parte boa, considerando tudo, mas nesse caso não há nenhuma qualidade que eu possa apontar nessa produção que nem ao menos merece o titulo de Amityville.

Postado por: Marcelo

Um comentário:

  1. Anônimo12/01/2013

    Eu nao assisti mais pelas suas palavras e uma porcaria alem que pelas fotos da pra ver que nao tem nada a ver com a casa,e alem disso a unica continuacao boa apos amityville (1979) foi amityville 2:a possesao (tambem gostei de amityville (2005)vc esta certissimo o resto e uma bosta,mais esse dai superou eles ACHO FALTA DE RESPEITO DA PARTE DE QUEM FEZ ESSE FILME COM TODOS OS FANS DE HORROR EM AMITYVILLE POR QUE TENTAR MUDAR A HISTORIA AGORA E UM ERRO ESPERO QUE O QUE SAI EM 2014 APAGUE ESSA VERGONHA

    ResponderExcluir