Crítica: O Herdeiro do Diabo (2014) - Sessão do Medo

7 de fevereiro de 2014

Crítica: O Herdeiro do Diabo (2014)


Começamos o ano com o pé esquerdo com duas bombas que foram lançadas no cinema nesse começo de ano, o já comentado Frankenstein - Entre Anjos e Demônios, e o novo found footage O Herdeiro do Diabo, que tá sendo muito divulgado pela Fox, com comerciais na TV e campanhas de marketing. Já deixei claro aqui muitas vezes que eu não sou um grande fã desse estilo de filme em primeira pessoa, cada vez mais esse estilo é usado de forma mais errada pelos filmes que andam saindo. O quê mais me chamou atenção em O Herdeiro do Diabo foi o enredo sobre a chegada do Anticristo na terra, algo que lembra o clássico A Profecia e O Bebê de Rosemary. Não tinha como um enredo desses ser ruim, tendo em mão o potencial da história que por si só já é boa, mas por incrível que pareça o filme não soube aproveitar nada, nem o enredo, nem o estilo de filmagem em primeira pessoa a seu favor. O ano mal começou e já temos um candidato ao pior filme do ano, posto que acho que não vai perder mais.


O Herdeiro do Diabo é tudo o quê eu e você já vimos de forma melhor em outros filmes, a criatividade aqui é zerada, o roteiro é preguiçoso, mal escrito, mal desenvolvido, e para piorar a produção também é muito ruim, mal gravada, mal editada, mal dirigida. Posso dizer com toda a certeza que é o pior found footage que eu já vi, mesmo tendo visto vários filmes ruins nesse estilo. A falta de criatividade é tanta que O Herdeiro do Diabo plagiou um filme que por si só já era um plágio, Delivery que tem a mesma história e que também é um found footage...




O filme começa numa sala de interrogatório onde Zach (Zach Gilford) é questionado pela policia sobre um evento que aconteceu na casa dele, não é dada informações sobre o caso, apenas pistas de que alguém morreu, ao julgar pelo sangue nas mãos dele. Corta para a cena em que Zach e a esposa Sam (Allison Miller),estão em lua de mel em outro pais. Na ultima noite no pais eles são levados por um taxista a uma festa em um lugar estranho, cheio de gente esquisita, depois de muita bebedeira, a câmera capta algumas cenas estranhas que parecem ser um culto satânico, mas nenhum dos dois se dá conta do ocorrido e no outro dia acordam na cama do hotel, sem ter ideia do que aconteceu. O primeiro furo de roteiro é detectado ai: Por quê o casal não olham as filmagens da noite anterior? Ignorando esse fato, eles voltam para os Estados Unidos, alguns dias se passam e Sam descobre que está grávida. O filme segue mostrando a gravidez e os eventos sobrenaturais em volta do casal.




Eu disse que esse filme é o pior filme de found footage que eu já vi, e o motivo é exatamente não saber e não ter motivo para usar tal estilo de filmagem, tudo parece muito forçado. O personagem principal grava tudo, 24h por dia sem motivo, grava até uma ida ao supermercado, quando o filme precisa mostrar algo de outro ponto de vista coloca outro personagem gravando com outra câmera, até uma criança de uns 8 anos grava sem motivos nesse filme. Em uma das cenas uma garotinha vai procurar o irmão e vai gravando com a visão noturna da câmera, em outras um bando de jovens estranhos aparecem em cena gravando a floresta, onde aparece a personagem principal nos estágios finais de gravidez, mas o pior mesmo acontece na parte final, onde de repente os membros de uma seita invadem a casa onde o casal mora e instalam várias câmeras em vários cômodos da casa como se fosse um Big Brother (mais que um furo no roteiro).



Eu não costumo ser chato com a parte técnica dos filmes que eu vejo, mas nesse aqui muita coisa me incomodou, enquadramentos, cortes de cena, iluminação, tinha hora que era tão escuro que não dava para ver o que acontecia e outras que a câmera tremia tanto que deixava a cena confusa.




Diferente de Atividade Paranormal, não há construção nenhuma de clima em O Herdeiro do Diabo, é entediante ver filmagens de coisas banais como uma ida ao supermercado ou uma festa de família. O terror só entra em cena lá para o final, sem impacto nenhum e quando isso acontece o filme acaba tão fraco quanto começa.



O Herdeiro do Diabo é, sem dúvida, um dos piores filmes de 2014 e o pior filme no estilo falso documentário que eu já vi. Quem achava que seria um A Profecia ou O Bebê de Rosemary da nova geração, se enganou, só um filme ruim feito para ser esquecido. De qual filme a gente tava falando mesmo?!


4 comentários:

  1. Anônimo2/08/2014

    Não gosto de filmes em primeira pessoa. infelizmente isso virou febre nos cinemas, e esse filme então é uma bosta, conseguiram errar em tudo..

    Parabéns pela critica , e espero q os próximos filmes a serem lançados esse ano sejam bons,pq esse dai fala serio ne....

    ResponderExcluir
  2. Nem por isso vou deixar de assistir , por que se você for vê O Bebê de Rosemary também não é essas coisas impressionante .

    ResponderExcluir
  3. 2014 começou como terminou 2013. Hollywood entregando roteiros (mal) reciclados, ideias mal executadas, roteiros cada vez mais furados, enfim, um vazio de criatividade que parece não ter mais fim. Uma pena.

    ResponderExcluir
  4. 2014 começou como terminou 2013. Hollywood entregando roteiros (mal) reciclados, ideias mal executados, enredos furados, enfim, um vazio de criatividade que parece não ter fim. Uma pena.

    ResponderExcluir