Top 5: Filmes de Terror de Baixo Orçamento que se Tornaram Blockbusters - Sessão do Medo

3 de junho de 2014

Top 5: Filmes de Terror de Baixo Orçamento que se Tornaram Blockbusters


Hey! Eu, aqui sem nada pra fazer na madrugada, acabei pensando em fazer um Top Five. Como sendo meu primeiro post especial aqui no Sessão do Medo, peguei um tema bem interessante: Filmes de terror de baixo orçamento que acabaram virando Blockbusters! Pra quem não sabe, Blockbuster é uma expressão americana que se dá a filmes que fazem bastante sucesso nas bilheterias, caindo na boca do povo e da mídia, que por coincidência essa expressão surgiu após o filme Tubarão ser lançado.

Esse top 5 não tem ordem, ou seja, só são cinco filmes e pronto. O #1 não vai ser melhor que o #3... Certo? Então vamos lá.



#1 - Halloween (1978)

Pois é, muitos já devem saber disso, mas outros não. O filme do famoso serial killer Michael Myers teve um orçamento apenas de US$ 325 mil, que se transformaram em uma bilheteria de US$ 70 milhões em todo mundo. Como era uma produção de baixo orçamento, não  havia figurinista, então os atores teria que usar suas próprias roupas nas gravações do filme. A atriz Jamie Lee Curtis gastou por vou de 100 dólares em seu figurino.


#2 - A Noite dos Mortos-Vivos (1968)

O primeiro trabalho do grande mestre dos zumbis, George A. Romero, teve a sua produção proporcionada pro um grupo de investidores, em que cada um contribuíram com cerca de US$ 600 dólares. O filme deu em um orçamento total de US$ 114 mil, arrecadando nas bilheterias US$ 42 milhões, dando sentido a um imaginário trash antes visto apenas em quadrinhos.


#3 - Atividade Paranormal (2006)

Muitos amam, muitos odeiam. O longa de Oren Peli é mais que um fenômeno pop, mas o filme mais rentável da história do cinema. Quem poderia supor que um pseudocumentário de risíveis US$ 15 mil (o preço de um carro popular), feito com a câmera na mão, renderia quase US$ 200 milhões (faturamento anual de uma empresa de grande porte)? Isso só foi possíveis graças a uma aposta dos executivos da Paramount e da DreamWorks, que adquiriram os direitos de distribuição nos Estados Unidos por módicos US$ 350 mil dólares. As duas sequências da franquia, também com orçamento robusto, repetiram o sucesso de público.


#4 - A Bruxa de Blair (1999)

Oito anos antes de Atividade Paranormal, A Bruxa de Blair usou o mesmo formato para contar a história de um grupo de estudantes que se perdem em uma floresta americana, lar de uma lendária bruxa. As atuações convincentes e a estratégia de marketing viral ajudaram a construir toda uma aura de mistério em torno do filme. Orçado em US$ 22.500 mil, faturou mais de US$ 248 milhões, marcando uma geração de fãs de suspense.


#5 - O Massacre da Serra Elétrica (1974)

A produção de Tobe Hooper (Poltergeist) foi um dos primeiros filmes a, explicitamente, fazer o sangue jorrar nas salas de cinema. A história do nosso amigo Leatherface, do Texas, acabou se tornando um clássico cult. O investimento de US$ 300 mil dólares saltou para US$ 30 milhões em bilheteria.

- EXTRA -


#Bonus - Uma Noite de Crime (2013)

O orçamento do filme, dirigido por James DeMonaco e estrelado por Ethan Hawke, é de módicos US$ 3 milhões. Uma ninharia perto das produções de Hollywood. Mesmo com críticas negativas, o suspense, sobre um período de 12 horas em que os crimes são permitidos, surpreendeu. Apenas no fim de semana de estreia nos EUA, arrecadou US$ 36,4 milhões. Com cerca de US$ 64 milhões em bilheteria, é um dos filmes mais rentáveis de 2013. Aproveitando o sucesso, os produtores já anunciaram uma continuação titulada 'The Purge: Anarchy' (veja o trailer aqui).

Postado por Bruno Gabriel - Fontes: Cinema UOL | G1

4 comentários:

  1. Gostei desse top#5 :-) E confesso que me surpreendi quando vi que o AP teve só US$15 mil de verba e arrecadou US$200 milhões O_o
    Não é a toa que filmes de found footage servem pra gastar meno$ e faturar mai$ (raras exceções).
    E no filme A Bruxa de Blair de 1999, no qual eu me lembro de estar na 4ª ou 5ª série com 9/10 anos de idade, o pessoal daquela época na escola comentava muito sobre esse filme, de como seria legal assistir na sala de vídeo, isso e aquilo.... e nem se quer passou pela minha cabeça que de US$ 22.500 mil, faturou mais de US$ 248 milhões O_o

    ResponderExcluir
  2. Gostei desse top#5 :-) E confesso que me surpreendi quando vi que o AP teve só US$15 mil de verba e arrecado US$200 milhões O_o
    Não é a toa que filmes de found footage servem pra gastar meno$ e faturar mai$ (raras exceções).
    E no filme A Bruxa de Blair de 1999, no qual eu me lembro de estar na 4ª ou 5ª série com 9/10 anos de idade, o pessoal daquela época na escola comentava muito sobre esse filme, de como seria legal assistir na sala de vídeo, isso e aquilo.... e nem se quer passou pela minha cabeça que de US$ 22.500 mil, faturou mais de US$ 248 milhões O_o

    ResponderExcluir
  3. Anônimo6/06/2014

    Filme bom não precisa gastar tanto

    ResponderExcluir