Top 5: Filmes Europeus - Sessão do Medo

22 de junho de 2014

Top 5: Filmes Europeus



por Neto Ribeiro

Tudo bem que Hollywood representa o cinema, porém, não é só dos Estados Unidos que vem filmes bons, e no nosso caso, filmes de terror bons. Muitos fãs adoram os filmes de terror europeus. Eu sou um deles. O por quê? Os filmes europeus tem um clima diferente dos americanos, um suspense próprio. Quem já percebeu isso sabe que é verdade. E, em muitos casos, os filmes europeus superam os americanos em termos de qualidade. Portanto, resolvi criar esse Top 5 de meus filmes europeus de terror favoritos.


5º Lugar: Deixe Ela Entrar
(Lat den rätte komma in,2007, SUE)

O filme que originou o remake de Matt Reves (Cloverfield - O Monstro), Deixe-Me Entrar, este filme sueco é uma verdadeira obra-prima. Tem uma história bastante intuitiva, junto de uma ótima direção com um elenco muito, mas muito talentoso. O filme nos apresenta Oskar, um garoto tímido de 12 anos que conhece Eli, uma garota vampira que cria um vínculo com o garoto.



4º Lugar: O Orfanato
(El Orfanato, 2008, ESP/MEX)

Resolvi fazer algum tempo atrás - antes de entrar no blog - uma maratona de Guillermo Del Toro, incluindo direção, produção e qualquer envolvimento dele nos filmes. Admiro muito os filmes de Del Toro, pois me lembra muito o jeito de Tim Burton: um estilo de filme próprio que qualquer cinéfilo reconheceria. E O Orfanato mostra isso.

No filme, acompanhamos a história de Laura (Belén Rueda), que após se mudar para o antigo orfanato do qual pertencia na infância com seu marido e filho, Simón, tem sua vida virada de cabeça para baixo quando Simón desaparece. Quase um ano se passa e agora mais do que nunca, Laura irá até os limites de sua consciência para encontrar o filho.

O filme pode parecer um drama mas é um ótimo suspense. Ele te envolve de uma forma inesperada e faz com que você se torne uma verdadeira "Laura", tentando desvendar o mistério do desaparecimento do filho. Quem não ficou de coração (<///3) quebrado com o final emocionante do filme? Eu simplesmente não esperava. Dirigido por J.A. Bayona (O Impossível, série Penny Dreadful), o filme é um dos melhores de 2008, tanto entre os filmes europeus, quanto de todo o mundo.




3º Lugar: Extermínio / Extermínio 2
(28 Days Later / 28 Weeks Later, 2003/2007, ING/ESP)

Pisou em Resident Evil. Isso resume somente esses dois filmes britânicos/espanhóis, que são melhores do que toda a franquia - de 5 filmes - baseada nos games da Capcom. A história muito bem elaborada de Extermínio acompanha um homem que acorda de um coma em um hospital abandonado e descobre que o mundo sofreu uma epidemia zumbi causada por um grupo ativista. Tudo bem, a história se parece com The Walking Dead, mas Extermínio foi lançado 7 anos antes da série começar. Talvez tenha se inspirado na HQ, mas eu acho que Extermínio acabou se tornando melhor do que The Walking Dead.

Extermínio 2 se passa 28 semanas após o início da epidemia. Londres está sendo reconstruída aos poucos enquanto tentam encontrar um antídoto para o vírus. Porém, com o simples e inútil ato de dois jovens recém-chegados ao centro de refúgio, todo o trabalho vai abaixo quando a epidemia retorna de forma mais violenta. Sem dúvidas, Extermínio 2 é melhor do que o primeiro. A tensão aqui é constante e em algumas cenas, agoniante. Porém, resolvi colocar o primeiro junto por que, realmente gosto dos dois como igual.

Mas às vezes me pergunto: E se Extermínio tivesse virado uma série?


 


2º Lugar: REC / REC ² - Possuídos
(REC / REC², 2007/2009, ESP)

Esse foi uma surpresa inimaginável na minha vida. Eu o loquei, pensando somente em passar o tempo, mas descobri um dos melhores filmes que já assisti na minha vida. REC é um found-footage que literalmente ensina Atividade Paranormal a fazer um filme do sub-gênero, apesar dos temas dos dois serem um pouco distintos. O filme espanhol ainda faz sucesso entre os fãs do gênero e é uma "quadrilogia", com o quarto filme, REC 4: Apocalipse, estreando esse ano. 

No primeiro filme, acompanhamos uma equipe de filmagem de um programa televisivo que vai fazer uma matéria sobre os bombeiros, acompanhando alguns casos na noite. Durante um dos casos, uma idosa presa em seu apartamento, os bombeiros e a equipe de filmagem acabam se deparando com um estranho vírus que deixa o edifício em quarentena. Sem poderem sair, os residentes do edifício, os bombeiros e a equipe terão que lutar pela suas vidas antes que o vírus os infeccionem.

O segundo filme se passa apenas 15 minutos após o final do primeiro, e mostra uma equipe da S.W.A.T. que entra no edifício infectado para resgatar alguns sobreviventes. O filme mostra um outro lado da história, relacionando o vírus à possessão demoníaca. Muitos dizem que o filme é infinitamente inferior ao primeiro, porém, eu gosto desse do mesmo jeito que gosto do primeiro.




1º Lugar: Mártires
(Martyrs, 2008, FRA)

Esse filme foi o primeiro que me veio a cabeça quando resolvi criar esse Top 5. É quase obrigatório um fã de terror já ter assistido esse filme. Se ainda não assistiu, corre para assistir! Por que, além de ser (para mim) o melhor filme de terror europeu, ele ainda é um dos melhores filmes de terror que eu já assisti, concorrendo com filmes americanos. A reviravolta de Mártires me lembrou muito de Um Drink no Inferno. Calma! Não estou comparando as histórias, pois Mártires está a anos-luz de distância de UDnI. O que me fez remeter os filmes foi simplesmente a veracidade com que o filme muda de estética. Mártires começa como um filme de vingança e finaliza-se de forma totalmente diferente. E que final!

O filme acompanha Lucia, uma jovem que aos 13 anos foi sequestrada e brutalmente violentada. Um ano depois ela conseguiu fugir e acabou sendo internada por conta dos traumas. No internato, ela conhece Anna, com quem cria um forte laço de amizade. Dez anos depois, Lucia resolve ir se vingar dos culpados pelo seu sequestro. E, para ajudar a amiga, Anna a acompanha. Porém, as duas nem imaginam que o buraco é muito mais fundo.

Mártires é sem dúvidas o melhor filme europeu que eu já assisti. E sei que não sou o único que pensa assim. A trama é muito bem construída, cheio de gore e terror psicológico, que nos deixa colado na cadeira durante todo o filme. Elementos do novo extremismo francês está presente em todo o filme, criando uma história maravilhosa. Mártires é um daqueles filmes que não acaba com os créditos. Ele inicia um debate em sua mente, principalmente se você não assiste sozinho. E não assista.



Então, esse foi o meu Top 5 de Filmes Europeus. Deixei algum de fora? Comentem!
E gente, caso vocês queiram sugerir algum Top 5, só deixar nos comentários.
Até a próxima!

3 comentários:

  1. Anônimo7/08/2014

    muito bom. continua a fazer tops ;)

    ResponderExcluir
  2. Extermínio 2 melhor que o primeiro???

    ResponderExcluir