Crítica: Sharknado 2 - A Segunda Onda (2014) - Sessão do Medo

23 de maio de 2015

Crítica: Sharknado 2 - A Segunda Onda (2014)


Depois do sucesso estrondante do primeiro Sharknado, o canal Syfy não demoraria muito pra produzir a sequência. Sequência essa que foi aguardada com muita expectativa, já que os fãs e outras pessoas até saberiam o que esperar. Quanto pior, melhor. Quando eles anunciaram detalhes do projeto, já podia-se perceber o quão ambicioso ele era. Ao invés de Los Angeles, o próximo Sharknado atacaria Nova York!

Mas por quê Nova York? Bom, a cena inicial do filme explica tudo. April (Tara Reid), a ex-mulher de Fin, escreveu um livro falando sobre os acontecimentos do primeiro filme. E o segundo começa com os dois em um avião, indo pra Nova York, onde April irá dar uma entrevista pra um programa e Fin irá rever sua irmã Ellen (Kari Wuhrer, Anaconda, A Morte Pede Carona 2). Só que no meio do voo, o avião se envolve em uma tempestade... de tubarões. Quais as chances disso acontecer, ein? Há muita confusão e mortes e April acaba tendo seu braço comido por um tubarão. Ao aterrissar em Nova York, num pouso arriscado feito pelo próprio Fin, ele tenta achar a irmã e seu marido e filhos para avisá-los que há um Sharknado se aproximando de Nova York e que será duas vezes pior do que o que atingiu Long Island.

Ash vs Evil Sharks
Como de previsto, Sharknado 2 não conseguiu ser melhor do que o primeiro por que ele não tem a única coisa que fez o primeiro ser bom: A falta de fé em si mesmo. Nesse, ele tenta ser mais sério ou algo do tipo mas tudo só faz o filme ser ruim. Acho que ao vermos o primeiro filme, era uma espécie de "novidade". Mas agora, esse só faz ser um desastre maior.

Tem cenas absurdas como a da foto acima, em que Ian serra um tubarão ao meio com uma serra elétrica que, segundos depois, está completamente limpa, sem sangue nenhum. Ou cenas bem legais como os tubarões atacando no programa de TV ou a abertura do ataque no avião, que tem direito a participação especial da Kelly Osbourne.

Pra mim, o primeiro filme foi pior, se é que me entendem. Acho ele mais divertido apesar de que a verdadeira intenção desse aqui ser maior e mais nonsense do que o primeiro. O terceiro filme já está confirmado com o subtítulo Oh Hell No! e será lançado esse ano e... Cassie Scerbo vai voltar! Tava na hora, já!

Nota: 5

por Neto Ribeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário