Crítica: O Mestre dos Brinquedos 4 - Bonecos em Guerra (1993) - Sessão do Medo

10 de novembro de 2015

Crítica: O Mestre dos Brinquedos 4 - Bonecos em Guerra (1993)



Pois é, cá estou eu escrevendo mais uma vez sobre essa franquia que me da um grande sentimento de nostalgia quando à assisto. Eu sou suspeito para falar, pois adoro filmes de bonecos assassinos, filmes que vão de clássicos como "O Brinquedo Assassino", até porcarias assumidas como "Dummy: O Boneco Assassino". E a franquia 'Puppet Master' como um todo, está entre o legal e o péssimo, utilizando uma ideia muito usada (bonecos assassinos com vida) e dando uma história bem legal para esse conceito.

O primeiro filme é um clássico, tem efeitos legais e a ideia de trazer bonecos relativamente bizarros, mas com um tom de originalidade, é demais. Quer dizer, quem não queria aqueles bonecos para uma coleção própria?... O segundo filme, além de trazer novos bonecos, também trouxe mortes muito interessantes. O terceiro filme contou a história do famoso mestre dos brinquedos, a morte de sua esposa e a sua vingança contra todos os envolvidos no assassinato. 

Tecnicamente falando. Existia brecha para um quarto capítulo. Se vocês se lembrarem do final da parte 2... Os bonecos estavam indo embora do hotel, e segundo o que foi mencionado. Os bonecos iriam para centro de crianças com problemas mentais para 'se divertir'. Ou seja, tinha um conteúdo, até interessante a ser explorado numa possível quarta parte. Mas, isso não aconteceu.


Dirigido por Jeff Burr, mais famoso por escrever sequência como: "O Massacre da Serra Elétrica 3: Leatherface" e "O Padrasto 2". Aparentemente, o filme ignora por completo o final da parte 2 e inicia uma história nova baseada nos dias atuais e deixando os eventos narrados na parte 3 no passado. Então, vocês devem se perguntar: "Do que se trata essa quarta parta?"... Pois bem, é o que farei nessa critica\artigo. "Dissecar" o filme buscando entender e a sua premissa.      

No inferno, um demônio lorde chamado Sutekh, envia um trio de servos chamados de Totems, que são controlados magicamente por seus servos, para matar aqueles que possuem o segredo da vida, nesse sentido, está incluso a magia o famoso mestre dos brinquedos, Andre Toulon, que usava para dar vida aos seus fantoches. 

Aqui temos a primeira diferença do filme em relação aos seus antecessores, a presença de um monstro do inferno, um ser realmente sobrenatural. Não da para dizer se o público gostou ou não, afinal, a franquia já é assumidamente fantasiosa e sempre conteve alguns toques de sobrenatural, mas aqui a situação ficou ainda mais evidente.

Ao mesmo tempo em que isso está acontecendo, uma equipe de pesquisadores que também trabalham no desenvolvimento da inteligência artificial, estão perto de descobrir o segredo de Toulon. Sutekh envia um dos Totems como um pacote para dois dos pesquisadores envolvidos nesse projeto, o Dr. Piper e Dr. Baker da 'Divisão da Fenix', que são tomados de surpresa e são assassinados pelo Totem representado por uma marionete com as feições de um monstrinho agressivo.
 
Um dos pesquisadores envolvidos no projeto chamado Rick Myers, está trabalhando como zelador no antigo hotel Bodega Bay Inn, o mesmo hotel do primeiro e do segundo filme, e aproveitando os momentos livros, o jovem também tem usado o local para realizar seus experimentos no projeto.  

Na mesma noite em que os Drs. Piper e Baker foram assassinados, um grupo de amigos de Rick vão visitá-lo no hotel. São eles: A sua namorada, Susie, a psíquica Lauren, e o babaca do Cameron. No jantar, Lauren acaba encontrando o Blade, aquele boneco com cara de caveira de cabelos brancos com um gancho numa mãe e uma faca na outra. O boneco estava vivo, mas ninguém sabia disso, Rick só achava estranho ver aquele brinquedo aparecendo em lugares diferentes, mas ele não chegou a dar muita importância nisso.

Particularmente eu achei que os personagens não foram bem desenvolvidos, as personalidades são interessantes e acho que poderiam ser melhor exploradas para desenvolvermos uma empatia por eles. Esse é um defeito do filme que pode passar despercebido porque boa parte do público não quer ver o relacionamento entre os personagens, mas sim ver os bonecos entrando em ação.
 
Lauren, Cameron, Susie e Rick.

Mais tarde, enquanto exploravam uma sala do hotel, o grupo encontra o baú de Tulon onde os bonecos eram guardados, o baú estava trancado, mas o
grupo arromba a fechadura. Dentro do baú está alguns panfletos do teatro de marionetes do antigo mestre dos brinquedos, havia uma fórmula, um diário e, é claro, os bonecos: Pinhead, Jester, Six Shooter e Tunneler (bom, foram os bonecos que eu consegui ver, mas é provável que tivessem outros no baú). Por curiosidade, Rick e seus amigos usam a fórmulas nos bonecos que quase que instantaneamente, ganham vida. 

Fascinado pelas reações espontâneas das marionetes, e acreditando que a fórmula é a resposta para o seu trabalho relacionado a Inteligência Artificial, Rick decide testar a esperteza dos bonecos jogando um jogo de laser tag com Pinhead e Tunneler.Vocês sabem aquelas partes sem noção que os filmes têm apenas com o propósito de prolongar a película sem acrescentar nada a história? Pois é, essa é uma boa referência. Os bonecos ficam, ao meu ver, beirando ao ridículo brincando com o Rick com armas de laiser.

Cameron, que está competindo com Rick, acredito que seja rivalidade entre homens para chamar a atenção das garotas, tenta usar o segredo da fórmula para o seu ganho pessoal onde ele e Lauren decidem usar um tabuleiro muito estranho que foi encontrado no porta-malas de um carro para tentar entrar em contato com Toulon para buscar respostas da composição exata da fórmula da vida, pois a receita não se encontrava no diário encontrado no baú.  

O que eles não sabiam é que a pirâmide brilhante que está no tabuleiro é um portal entre o mundo mortal e o submundo. Assim, Sutekh usa esse portal para enviar dois de seus totems para atacar todos no hotel. Cameron e Lauren tentam fugir de carro, Cameron, cavalheiro como ele é, entrou no carro e tranou a porta para ninguém entrar lá, inclusive Lauren que volta para o hotel, Cameron é pego numa emboscada pelas criaturas e acaba morrendo dentro do carro mesmo. 

Quando Rick vai ver Cameron e percebe que ele está morto, o Totem o ataca também, mas ele consegue escapar.
 
Dentro do hotel, o terceiro Totem, que havia sido enviado mais cedo por pacote, também está a espreita. A partir desse momento, os bonecos de Toulon passam a ter o objetivo de proteger Rick, então Blade, Pinhead e Tunneler conseguem matar uma das criaturas na cozinha, por causa disso, através da ligação do boneco com o servo de Sutekh, o servo morre. Então passamos a entender que cada servo de Sutekh representa um Totem onde se eles morrerem, os servos também morrem.  
    

O espírito de Toulon, que tem aparecido em torno do hotel durante toda a noite, diz aos bonecos que eles devem trazer a vida um boneco inacabado chamado, Decapitron. Então sob a vigilância de Rick e de Susie, os bonecos até a sala onde está o baú de Toulon e pegam uma caixa que contém um outro fantoche com uma cabeça de aço (Decapitron), Rick entende o que os bonecos querem dizer, ele deve trazer o boneco a vida.


Vale informar que o ator que faz o Andre Toulon é Guy Rolfe, mesmo ator que interpretou o mesmo papel na parte na parte 3 , que voltaria para interpretar o antigo mestre dos brinquedos outra vez na parte 5 e também no "Retro Puppet Master". 


Os dois Totems restantes atacam com o objetivo de interromper o processo, mas um deles é eletrocutado quando Six Shooter usa um fio como um caubói conduzir eletricidade de um raio para o Totem. Finalmente Decapitron acorda rapidamente com a descarga elétrica, aqui temos outra situação, a cabeça do boneco se transforma na cabeça do próprio Andre Toulon que aconselha e diz aos outros bonecos e ao Rick o que devem fazer e o que está acontecendo, Decapitron é líder do bonecos. Eu sei que vocês estão pensando que o filme ficou zoado, mas as situações do longa são até legais, tipo. Os efeitos são bons e a trilha é bem legal trazendo a clássica musica tema da franquia
  
Enquanto isso, Lauren é atacada por um Totem, ela entra em pânico e acaba ficando inconsciente, a criatura se aproveita para sugar a sua vida quando Susie interrompe o processo e joga ácido na criatura, a partir desse momento Lauren fica numa espécie de coma onde Toulon, fala através dela, como uma possessão, ele aconselha Rick a animar Decapitron de uma vez para destruir o Totem, e Rick obedece, ele usa seu computador para desviar a energia do gerador do hotel para o Decapitron, e assim, fazendo ele viver. 

Um ponto curioso que é revelado aqui é que a cabeça desse novo boneco é removível, os outros bonecos colocam no lugar dela outra cabeça capaz de liberar cargas elétricas como raios.

O Totem que Susie havia jogado ácido reaparece, agora ele ataca Blade. Decapitron o confronta e com a sua descarga elétrica, ele consegue destruir o ultimo monstro e matando o último servo do demônio Sutekh. Toulon aparece para Rick e entrega a custódia dos bonecos para ele. Agora Rick era o novo mestre dos brinquedos. 

Um ponto positivo do filme é que ele tenta manter o mesmo tom sombrio do primeiro filme com lugares escuros e misteriosos como se atrás de cada cômoda pudesse ter um boneco se escondendo e pronto para atacar, a qualidade dos efeitos dos bonecos é bem legal.

Aliás, é incrível notar que com o passar do tempo onde pela lógica (e com o avanço da tecnologia e efeitos cada vez mais modernos) os filmes deveriam ficar melhores e mais realistas, porém o que ocorre é justamente o contrário, com o passar do tempo os filmes vão ficando cada vez mais mau feitos, menos originais e realistas. Vocês poderiam fazer uma comparação desse filme em relação ao ultimo filme da franquia lançado em 2014 chamado de "Puppet Master Axis Rising" e com certeza, assim como eu, notariam que a qualidade caiu muito, tanto dos bonecos quanto da narrativa. Então fica aqui o motivo para aproveitar esse filme, mesmo zoado, ele é legal, sem contar a nostalgia que ele transmite aos que nasceram nos anos 80 e inicio dos anos 90.

Curiosidades:

  • Em 'A Volta do Mestre dos Brinquedos (Puppet Master 3), Andre Toulon fugiu de Berlim entre os anos de 1942 e 1944, era o período da segunda guerra mundial, e ele cometeu suicídio em 15 de março. Nesse filme é relatado através do diário de Toulon que o Major Krauss (inimigo da parte 3) foi morto no dia 7 de abril.
  • O filme não é uma sequência direta da parte dois visto que a parte 3 se passou na Alemanha nazista. Essa parte 4 voltou a ter o hotel como cenário principal da história, mas o final da parte 2 é totalmente ignorado.
  • Muitas criticas sobre o filme foram feitas, pois além de trazer um tom ainda mais fantasioso para a série, o longa oficializou o que estava acontecendo desde a parte 3, transformando os bonecos em 'agentes do bem'.
  •  Torch, a marionete que tem um lança chamas no lugar do braço, esse boneco não aparece nesse filme, contudo, ele se faz presenta na capa.
  •  O ator Gordon Currie que faz o Rick no filme, já foi uma das vítimas do Jason em 'Sexta Feira 13 parte 8 Jason Ataca em Nova York'.
  • Leech Wooman, a marionete que solta sanguessugas pela boca não está nesse filme, a hipótese é de que ela realmente tenha morrido na parte 2 queimada enquanto que Tunneler que supostamente havia morrido também, reaparece. Isso faz pensar que esse filme sim, é uma sequência indireta do 2 onde mostra o que aconteceu com os bonecos depois de terem ido para a clínica com crianças com problemas mentais.    
Para este filme, a minha nota é: 6,5. É uma boa pedida para quem quer ver alguma coisa de noite antes de dormir.  

Diretor: Jeff Burr.
Produtor: Charles Band. 
Roteiro:Carles Band, Douglas Aarniokoski, Steven E. Carr, Todd Henschell, Jo Duffy, Keith S. Payson, David Schmoeller.
Elenco: Gordon Currie, Chandra West, Ash Adams, Teresa Hill, Felton Perry, Guy Rolfe. 
Musica: Richard Band.
Distribuidora: Full Moon Entertainment. Paramount Pictures.

Por: Michael Kaleel. 

2 comentários:

  1. Olá, ótima critica! Gostei muito do 4 e 5. Porém o 6 é totalmente diferente a história. Se pudesse fazer uma critica referente ao 6 agradeceria muito! Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, estamos felizes que você tenha gostado, e as partes 5 e 6 desse filme estão na nossa lista.

      Excluir