Animais Assassinos: #1 Aranhas - Sessão do Medo

19 de abril de 2016

Animais Assassinos: #1 Aranhas


No mundo em que vivemos existem seres que já nos assustam demais, e não estou falando de fenômenos sobrenaturais ou coisa do tipo... A maioria dos seres humanos possuem medo ou nojo de algum animal, seja de baratas, seja de cachorros, não importa. O medo pode se manifestar de várias formas e as empresas cinematográficas espalhadas pelo mundo, sabem disso. Por esse motivo, filmes com animais assassinos são tão comuns quanto os longas com fantasmas, demônios ou assassinos em série. A partir desse ponto de vista, decidi fazer um tópico só sobre filmes com animais assassinos.

E a criatura escolhida para a estreia foi: Aranhas. Quer dizer, mais do que qualquer outro animal, os insetos são motivos de pânico para boa parte da população, e as aranhas, pelo seu jeito asqueroso e assustador de ser, é usado demais em filmes para causar o medo nas pessoas. No entanto, as aranhas foram usadas e abusadas demais nos filmes de baixo orçamento, (principalmente pelas dezenas de longas picaretas que a Syfy lança todos os anos), fazendo com que elas percam o seu terror e dando ao público filmes mau feitos e que destrói com a visão que as pessoas tem a respeito desse inseto.

Teve uma vez que fui convidar um amigo e parceiro de filmes de terror para ver 'Spiders' (está abaixo na lista), ele disse que não suporta filmes de aranhas porque viu o 'Lavalantula' e detestou, a partir daí, as aranhas perderam a graça para ele. Bem, mesmo que 'Lavalantula' não seja, nem de longe, uma boa referência, é um dos filmes mais atuais sobre essas crianças de oito patas, e isso acontece com muita gente. Então, chega de enrolar e vamos lá para a lista.

1 - TARANTULA (1955)

Sinopse: No Arizona, o cientista Gerald Deemer está experimentando um nutriente artificial, que foi projetado para alimentar milhões de pessoas famintas mas que gera efeitos colaterais. Deemer desenvolveu um laboratório repleto de animais gigantescos e, entre eles, uma apavorante tarântula. Um dia Eric Jacobs, um biólogo que trabalhava com Deemer, aparece morto. Gerald explica que foi acromegalia, ou seja, mal funcionamento da hipófise, que resulta em uma condição mórbida caracterizada por desenvolvimento excessivo, no adulto, das extremidades do corpo (mãos, pés, nariz, queixo) e que se deve à excessiva secreção do hormônio de crescimento. Esta explicação não convenceu Matt Hastings, um médico, pois a acromegalia é um processo que dura anos para afetar o enfermo e Jacobs há um mês atrás estava são. Após voltar ao seu laboratório, Deemer é atacado por Paul Lund, um outro assistente, que também estava muito deformado. Durante este ataque o laboratório é parcialmente destruído e a tarântula escapa para o deserto, onde cresce vertiginosamente. Hastings é ajudado por Stephanie Clayton, uma pesquisadora que há poucos dias trabalhava com Deemer. Juntos, eles tentam elucidar o que está acontecendo.

É um filme que mesmo com um baixo orçamento e com as limitações que existiam para a sua época, é interessante e a aparição da aranha gigante não deixa a desejar.


Diretor:Jack Arnold
Roteiro:Robert M. Fresco, Martin Berkeley, Jack Arnold
Produção:William Alland
Elenco:John Agar, Mara Corday, Leo G. Carroll, Nestor Paiva, Ross Elliott, Raymond Bailey, Hank Patterson, Clint Eastwood.

2 - A INVASÃO DAS ARANHAS GIGANTES (1975)

Sinopse: Ficção científica não exibida nos cinemas brasileiros em produção independente rodada no Wisconsin. Um meteoro cai numa pequena localidade do meio-oeste americano. Suas estranhas formação de cristal eclodem em aranhas com até 15 metros de altura, que destroem o que encontram à sua volta. Uma cientista, Jenny, entra em ação para eliminar as perigosas criaturas extraterrenas.

Sabe aquele filme que é ruim pacas, mas você assiste só porque ele tem algo nostálgico que de alguma forma lembra a sua infância ou algo que você viveu? Pois é isso mesmo que acontece com esse filme. Pessoalmente, acho esse filme ruim demais, porém, ele me lembra a minha infância e só por isso, tive que comprá-lo para a minha coleção. Em sua maior parte, ele é parado e chato, e quando os ataques das aranhas começam e você pensa que o filme vai melhorar... Não acontece.

Aqui vai algumas curiosidades sobre o filme:

As aranhas gigantes, são, na verdade, fuscas cobertos com pelos e anexadas às patas de aranha de pelúcia, com os faróis emulando seus olhos.

Ele teve 300 mil dólares de orçamento e obteve uma receita de 23 milhões de dólares. 


Direção: Bill Rebane.
Roteiro: Richard L. Huff, Robert Easton. 
Produção: Bill Rebane, Richard L. Huff, Dick Plautz e Jack Willoughby.
Elenco: Steve Brodie, Barbara Hale, Robert Easton, Leslie Parrish, Alan Hale Jr.

3 -  O IMPÉRIO DAS ARANHAS  (1976)


Sinopse: Veterinário relaciona a morte de vários animais a grande número de aranhas existentes na região. Um especialista é chamado, mas as aranhas já se proliferaram e ameaçam toda a população. O filme traz William Shatner no papel principal, onde ele vai lutar contra um ataque gigantesco de aranhas que vai tomando proporções cada vez maiores.

O filme possui um começo lento e típico dos filmes dos anos 70, mas a história vai ganhando força do meio para o final quando as mortes vão acontecendo e as aranhas vão se espalhando. Acredito que em alguns momentos, as pessoas vão sentir nojo ao ver tantas aranhas no mesmo local.     

Uma curiosidade sobre esse filme é que foram utilizados cerca de cinco mil aranhas de verdade para a sua produção. Dessa, forma (até mesmo pela data em que o filme foi feito), o filme é bem realista na aparição dos aracnídeos. Vale mencionar a coragem do elenco que estavam o tempo todo cercados pelas bichinhas de oito patas.

Outra curiosidade é que nas cenas de correria e caos, muitas aranhas foram esmagadas. Então, as aranhas que aparecem mortas no filme, são de verdade. Isso causou um pouco de ira dos ambientalistas, mas nada que tenha impedido o lançamento do filme.


Direção: John ‘Bud’ Cardos.
Roteiro: Richard Robinson e Alan Cailou, Jeffrey M. Sneller e Stephen Lodge.
Produção: Igor Kantor, Jeffrey M. Sneller, J. Brad Johnson, Henry Fownes.
Elenco: William Shatner, Tiffany Bolling, Woody Strode, Lieux Dressler, David McLean, Natasha Ryan.
Orçamento: 50 mil dólares.


4 - ARACNOFOBIA (1990)

Sinopse: Ross Jennings (Jeff Daniels) é um médico que, juntamente com sua família, vai morar em uma cidade do interior da Califórnia. Quando todos os seus pacientes começam a morrer misteriosamente, passa-se a suspeitar gradativamente que as mortes tenham sido provocadas por aranhas que existem em sua casa.

Esse sim pode ser considerado um dos melhores filmes de terror sobre aranhas. Isso se deve principalmente ao fato de que a história pode acontecer na vida real, quer dizer, no mundo ainda existem milhares de espécies de criaturas que ainda não foi descoberto, e acredito que no meio dessas milhares de espécies, possa ter uma aranhazinha extremamente venenosa e mortal. Além disso, ele é o que mais chega perto da realidade, aqui não temos efeitos especiais e nem aranhas do tamanho de uma casa, mas sim aranhas tão venenosas que matam uma pessoa em segundo.

O clima de suspense, a trilha sonora, e o excelente trabalho do elenco e da equipe, garantem uma boa qualidade. Esse com certeza, é um daqueles filmes que você precisa ter visto antes de morrer.  

Uma curiosidade sobre esse filme é que nele acontece a estréia de Frank Marshall na direção. Além disso, as aranhas usadas no filme são originárias da Nova Zelândia. 

Apesar de sua aparência amedrontadora elas na verdade são inofensivas aos seres humanos.

Podemos ver essa mesma espécie de aranha rapidamente no filme "O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel", na cena em que Frodo e os seus amigos se escondem dos cavaleiros negros num buraco.

Pequenos pacotes de mostarda foram usados para criar os efeitos das aranhas sendo esmagadas após serem pisoteadas. 



Diretor: Frank Marshall
Roteiro:Don Jakoboy, Al Williams.
Elenco: Jeff Daniels, Harley Jane Kozak, John Goodman, Julian Sands, Stuart Pankin.
O orçamento de Aracnofobia foi de US$ 31 milhões.

5 - A MALDIÇÃO DA ARANHA (1999)

Sinopse: A maldição da aranha é um aterrorizante suspense estrelado por Dan Aykroyde (Pealr Habor), Theresa Russell (Garotas Selvagens), Devon Gummersall (Independence Day) e Amelia Heinle (The Limey) com os sensacionais efeitos especiais do fantástico criador de monstros e ganhador de 4 Oscars, Stan Winston (Jurassic Park 3, Inteligência Artificial, Aliens). Quentin é um fanático por histórias em quadrinhos, que trabalha em um laboratório de pesquisa biotecnológica como segurança e, durante a noite, sonha como se ele fosse um dos super-heróis que ele tanto lê. Quando o seu colega é morto num tiroteio, Quentin é dominado pela culpa e injeta em si mesmo uma droga super-secreta feita do sangue de uma aranha. Lentamente a injeção vai fazendo efeito e o seu corpo começa, cada vez mais, tomar a forma de uma aranha. E Quentin passa sentir uma fome diferente e incontrolável.

O que acho interessante do filme, são as referências. É como se ele fosse uma versão negra do Homem Aranha". Não chega a ser uma obra prima, possui vários furos de roteiro e talvez o final cause um pouco de revolta, mas pela história e pela curiosidade que o filme transmite, vale ser conferido.



Diretor: Scott Ziehl.
Roteiro: Mark 'Crash' McCreery, Cary Solomon, Chuck Konzelman, Max Enscoe, Annie de Young.
Elenco: Dan Aykroyd, Devon Gummersall, Amelia Heinle, Theresa Russell, Christopher Cousin, Mario ROccuzzo, John Cho, Randall Huber.

6 - SPIDERS (2000)


Sinopse: Durante um voo espacial, o governo americano faz uma experiência com uma aranha para o projeto secreto Mother In Law (M.I.L.). Em pleno voo, o aracnídeo ataca os tripulantes que entram em convulsão, perdendo o controle da espaçonave. Enquanto isso, Marci, uma jornalista, parte junto com Slick e Jake para o deserto a fim de encontrar uma suposta base secreta. Em sua busca, presenciam a queda da aeronave e conseguem entrar na base. Ali, a aranha sai do corpo de único sobrevivente da nave e ataca todos que encontra pelo caminho, ficando cada vez maior.

O longa é bem divertido, para um filme do gênero e para o ano em que foi lançado, ele é bem feito. Os únicos pontos fracos que consegui achar é o final um pouco forçado no estilo 'King Kong' em meio a um filme clichê, e a atuação péssima do elenco. Destaque para a protagonista Marci Eyre (Laura Parilla) cujo seu papel é a de uma jornalista chata e que não convence ninguém. Em contrapartida, as cenas em que a aranha aparece são divertias, a evolução da criatura é interessante.   


Direção: Gary Jones.
Roteiro: Boaz Davidson, Stephen David Brooks, Jace Anderson, Adam Gierasch.
Produção: Danny Dimbort, Avi Lerner, Trevor Short, Boaz Davidson, Danny Lerner.
Elenco: Lana Parilla, Josh Green, Oliver Macready, Nick Swarts, Mark Phelan. 


7 - SPIDERS 2 (2001)

Sinopse: Dois náufragos são recolhidos por um navio cargueiro e recebidos por um simpático capitão que os acolhe prontamente. Após serem examinados pelo médico do navio, perguntam se não há algum rádio pelo qual possam comunicar-se, mas são avisados pelo capitão que o rádio está quebrado. A noite, um dos náufragos tem pesadelos terríveis e acorda assustado. Resolve vasculhar o barco à procura do rádio e acaba chegando a um laboratório, onde ele encontra algo muito pior do que imaginava. Enormes aranhas mutantes, fruto de experiências genéticas do médico do navio, infestam o local, e ele está desconfiado que, de alguma forma, ele e seu amigo farão parte da experiência.

Apesar de não haver ligação na história, o filme segue o mesmo ritmo do primeiro, contudo, ao meu ver, os efeitos e a história são inferiores (tem momentos em que o filme lembra o longa 'Alien: A Ressurreição', principalmente pela forma de como as aranhas saem das pessoas) . O ponto alto do filme é justamente pelo fato de mostrar várias aranhas gigantes espalhadas pelo navio, a atuação dos protagonistas é bem melhor que a do primeiro filme também.

Acredito que o que faltou para esse filme foi um pouco mais de originalidade, assim como o seu antecessor. Em meio a toda a ideia de conspiração do navio, nós sabemos quem vive e quem morre logo de cara.


Direção: Sam Firstenberg.
Roteiro: Stephen David Brooks, Boaz Davidson.
Elenco: Stephanie Niznik, Greg Cromer, Daniel Quinn.

8 - MALDITAS ARANHAS (2002)


Sinopse: Após um acidente tóxico ter ocorrido próximo de uma pequena cidade do interior dos Estados Unidos, várias aranhas venenosas são expostas à radiação e crescem em proporções monstruosas, ameaçando toda a população local.

Na verdade, esse longa é mais puxado para a comédia do que para o terror, motivado principalmente pelos barulhos que as aranhas fazem. De qualquer forma, é bem divertido e possui efeitos especiais bem aceitáveis (não são perfeitos, mas não são ruins a ponto de você parar de ver o filme por causa disso). No elenco tem pessoas importantes como: David Arquette, Kari Wuhrer, Scarlett Johansson e Doug E. Doug. Mesmo com esse elenco, o filme possui atuações bem canastronas. 

Algumas pessoas podem se arrepender de alugar esse filme, mas iriam adorar vê-lo enquanto passa na televisão. E talvez, se você assisti-lo com baixas expectativas, pode se surpreender com a qualidade e com o divertimento.

Uma curiosidade sobre o filme é que inicialmente, o título original do filme seria 'Arac Attack' ou 'Ataque Aranha'.




Diretor: Ellory Elkayem.
Roteiro: Ellory ElKayem, Randy Kornfield.
Elenco: David Arquette, Kari Wuhrer, Scott Terra, Scarlett Johansson.
O orçamento de Malditas Aranhas! foi de US$ 30 milhões.

Bem, acho que esse foram os melhores filmes sobre os aracnídeos que eu vi e recomendo... É claro que exitem muitos outros como: Arachnid (2000) que mesmo mau feito, é interessante; Maldita Aranha Gigante (2013), Spider 3D (2013), que são ambos da Syfy, porém, acho que os melhores, eu citei. Acredito que no caso das aranhas, assim como outros animais que veremos em outras publicações, devemos selecionar muito bem o que devemos ver, para que não anexemos a ideia de que filmes com aranhas não prestam.

Então é isso pessoal, espero que vocês tenham gostado e que tenham se inspirado para ver algum filme a respeito desses aracnídeos. Até a próxima.

Por: Michael Kaleel.

Um comentário:

  1. Acho Malditas Aranhas e Aracnofobia filmes muito divertidos. Confesso que nunca fui o maior fã de filmes de aranhas, mas suas descrições de A Maldição da Aranha e Spiders me deixaram com vontade de ver ambos, vou ver se encontro.

    ResponderExcluir