Crítica: Bates Motel | 4ª Temporada (2016) - Sessão do Medo

18 de maio de 2016

Crítica: Bates Motel | 4ª Temporada (2016)

Pensando em quem minha mãe vai matar agora...
Estamos com a história de Norman Bates no 80% e já tava na hora de dar mais up na história. A terceira temporada de Bates Motel deixou todos na expectativas que veríamos mais vezes a Mother - a segunda personalidade de Norman (Freddie Highmore) baseada na própria mãe - atacando. Aliás, esse é o principal propósito da série, já que a mesma é uma reimaginação moderna pré-Psicose.

De fato, no início, até vemos. Logo no episódio 1, vemos a Mother atacar a primeira vítima da temporada: a mãe de Emma, que retorna para ver a filha, prestes a fazer um transplante. Claro, podia ser mais uma jogada para prender os telespectadores, e em certa parte foi, mas no geral, ajudou a criar bastante expectativa para a penúltima temporada. Obviamente, ninguém sabia o que houve com a mãe de Emma, pois Norma(n) fez um bom trabalho em esconder isso.

De uma forma ou de outra, ele acabou parando no sanatório particular Pineview. Para que pudesse pagar o plano, Norma (Vera Farmiga) teve que se casar com o Xerife Romero (Nestor Carbonell) - o que podemos concordar que teve segundas intenções desde o início, já que a tensão sexual entre os dois vem explodindo desde a temporada passada.

Enquanto Norman estava internado lá no Pineview, acontece várias coisas: Para que o casamento não seja considerado como inválido, Romero vai morar com Norma e os dois acabam se entregando ao romance. Há um subplot (bem enche-linguiça) envolvendo Romero e uma bancária, que ajudava o vilão da temporada passada a lavar dinheiro e está sendo investigada por isso. Emma conseguiu a cirurgia e já estava respirando normalmente sem o uso daquele treco que ela carregava para cima e pra baixo. Para que continuasse o tratamento, ela e seu pai teria que se mudar para Seattle e Dylan (Max Thieriot) iria junto com eles.


SPOILERS: Chegando perto da reta final, Norman acaba voltando para a casa, sem ter conhecimento (oficial) da relação de sua mãe com o xerife, mas claro, já desconfiando. À medida que nos aproximamos do fim, o elefante no meio da sala não podia mais passar despercebido. Para quem não sabe, na história original (e no livro), Norman mata a sua mãe e seu amante envenenados. Portanto, todos se perguntavam se a série iria seguir os passos, que era o mais recomendável.

Apesar disso, sabemos que uma season finale de Bates Motel não é uma season finale se ninguém morrer. Portanto, todos apostavam em Romero, já que Emma e Dylan se mandariam pra longe da família de loucos, salvando o deles da reta. Para a surpresa e o choque de todos, no penúltimo episódio tivemos a morte de Norma, causada pelo filho, que vaza gás pela casa tentando matar ambos, mas claro, sem se lembrar de nada.

De uma certa forma, a morte dela pareceu meio abrupta e como disse o Marcelo, esperava algo mais elaborado. No entanto, isso fez com que tivéssemos um vislumbre de como a vida do Norman será sozinho, no episódio 10. Por falar nisso, os últimos 8 minutos da season finale foram bem bizarros não acham? Norman roubando o corpo da mãe, achando que ela está viva e depois se dando conta que não está.

FIM DOS SPOILERS.

Que sono zZz
Infelizmente, achei a temporada meio irregular. Sinto que ela repetiu os mesmos erros da terceira: começou prometendo bastante, não soube sustentar a história nos episódios seguintes e ganhou pontos no desfecho inesperado, em seus três últimos (e ótimos) episódios finais. A grande virtude é o fato de conter apenas 10 episódios por temporada, o que não deixa nada muito cansativo como uma série de 13 ou mais.

O que esperamos do último ano da série, que acabará em sua 5ª temporada, é que ela feche com chave de ouro essa odisseia psicótica de Norman Bates. Recentemente já foi confirmado que teremos a personagem Marion Crane, a famosa vítima do banheiro do filme Psicose na nova temporada. Ou seja, podemos muito bem esperar uma reformulação da cena original!
por Neto Ribeiro

Criada por: Carlton Cuse
Canal: A&E
Episódios: 10
Elenco: Vera Farmiga, Freddie Highmore, Nestor Carbonell, Max Thieriot, Olivia Cooke

9 comentários:

  1. Anônimo5/18/2016

    A mais fraca até agora?? Acho que não ein.

    ResponderExcluir
  2. Achei que a serie tivesse terminado. Que bom que nao...foi muito triste a morte da Norma, ela coitada estava tao feliz com o novo marido. Eu quero ver como Norman vai se virar sem a mae.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao vai Cintia, vemos no filme Psicose q o Norman convive com o corpo da mae...

      Excluir
  3. Como assim "Regular"??? Foi a melhor temporada até agora... Todos os episódios tiveram algum momento maluco do Norman. Ele recebendo a Audrey vestido de Norma, matando ela; Ele em Pineview, manipulando o medico dele; A cena dele brigando com a Norma no jantar e com o Romero, com um machado na mão, "I HATE YOU!!!" Que cena maravilhosa!
    E o final... A morte da Norma foi bem elaborado, pra ser dramática e mexer com os sentimentos dos fãs... Acho que Bates Motel não tem que ser sanguinário a todo momento. A cena da morte dela foi muito boa, com o Norman com cara de psicopata e o Romero chorando no final.
    E a ultima cena da temporada! Maravilhosa! O Norman roubando o corpo da mãe e desesperado pra que ela acordasse, e o dialogo com o Chick e quando ele percebe que a Norma realmente morreu e pega a arma, coloca na boca... Que cena intensa! Pelo menos pra mim foi maravilhosa! A temporada, tudo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Temporada sensacional!

      Excluir
  4. Fernando5/31/2016

    Melhor temporada até agora!!

    Como assim subplot bem enche-linguiça??

    A ideia desse arco de Alex Romero com a bancária Rebbeca é justamente fazer o espectador se prender e acreditar numa possibilidade de que o xerife poderia ser entregue por ela a DEA e acabando ser preso devido ao assassinato de Bob Paris, mas isso acaba ficando no ar ao longo dos últimos episódios da temporada.

    Eu mesmo me perguntei nos últimos episódios... Será que já era para o Romero?? Será que agora ele vai ser preso??

    Desculpe, mas isso não é ser 'enche-linguiça'. Mérito do roteiro/direção da série.

    ResponderExcluir
  5. Socorro, como assim temporada regular???? A série nunca apresentou nada do nível dessa quarta temporada, que foi sensacional.

    ResponderExcluir
  6. Anônimo6/07/2016

    concordo com nosso colega! bem regular mesmo! e sim, tem muito enche-linguiça. Não foi a pior possível mas poderia ter sido muito melhor se não tivesse muito tempo desnecessário com historinhas como de Emma-Dylan, por exemplo. Não foi a pior temporada, teve menos enrolação em relação as outras, mas mesmo assim, PODERIA ter sido melhor.

    ResponderExcluir