Os 5 melhores filmes da Blaxploitation - Sessão do Medo

16 de novembro de 2017

Os 5 melhores filmes da Blaxploitation


A história do Blaxploitation é um movimento cinematográfico quanto um movimento cultural, na verdade se pararmos para pensar e estudar a história dos E.U.A na década de 1970. Vemos que várias coisas estavam acontecendo ao longo dos anos, ou melhor, uma preparação para o que vinha. Como a guerra do Vietnã causar uma grande onda de violência por conta dos soldados que eram "abandonados" com seus traumas, a economia que estava muito abalada desde o caso "Watergate". Prostituição, drogas e a violência e claro o racismo.

Tudo isso foi um caldeirão que o movimento negro se rebelasse e mais ainda conquistasse seu espaço na cultura POP tanto na música, artes, livros e ainda mais o cinema e assim surgiu esse movimento que no perdão da palavra é "FODA PARA CARALHO".

Aqui no Sessão do Medo vou falar dos melhores filmes para você começar a entender o movimento que fez a cabeça de Quentin Tarantino.

Coffy: Em Busca da Vingança (1973)


Esse filme foi dirigido por Jack Hill que fez um monte de filmes desse gênero. Ele dirigiu os clássicos que agora "cult" como "Foxy Brown", "Switchblade Sisters" e o clássico dos filmes B dos anos 50 que é "A Mulher Vespa". Bom no meio de tudo isso ele trabalhou com a rainha e a principal cara do movimento que é Pam Grier, ela é importante por mostrar o valor da mulher, mais ainda o valor da mulher negra numa sociedade machista e racista.

Aqui nesse filme ela tenta acabar com o império das drogas que exista em Nova Iorque e assim ela vai se infiltrando e matando traficante por traficante. Simplesmente espetacular e também o roteiro desse filme é muito bom.

Shaft (1971)


Essa produção de 1971, um clássico dentro do gênero, seja pela atuação impecável de Richard Roundtree, a direção sensacional de Gordon Parks e a trilha fenomenal de Isaac Hayes. "Shaft" mostra toda a prodridão de um sistema afetado pela corrupção e assim Shaft é contratado por um gangster para achar sua filha sequestrada e assim ele cai no meio de uma guerra de traficantes, policiais e também gangues.

Blacula (1972)


Pela primeira vista você já julga esse filme uma "trasheira" só.  Todo mundo pensa isso e eu também assisti pela primeira vez pensando que ia assistir um filme tosco ou uma comédia rasgada. Mas a verdade que "Blacula" é um filme que te faz refletir e muito sobre a mensagem de aceitarmos ou não pessoas diferentes em nosso meio.

Claro que isso mostra a visão que vemos como o negro na sociedade, mas o papel que Blacula (William Marshall) é de uma profunda reflexão onde vemos ele primeiro como um príncipe visitando e o castelo de Drácula e depois virando um escravo e depois como vampiro condenado a viver nas sombras e também a sofrer um preconceito maior ainda. Simplesmente sensacional.

Truck Turner (1974)


Esse filme é protagonizado pelo saudoso Isaac Hayes. A primeira vez que assisti a essa obra foi na Netflix e nossa que filme foda! Hayes faz Truck um caçador de recompensa que tem que lidar com a máfia da prostituição e assim ele enfrenta um cartel de mulheres prostitutas para salvar uma mulher.  Muito foda e ainda tem uma trilha sonora sensacional.

Black Mama, White Mama (1973)


Esse foi outro filme que assisti na Netflix e nossa que filme foda. Uma coisa que tem que colocar na cabeça quando vai assistir a esses filmes é que eles são muito pornográficos, então vemos muita pagação de peito e também outras coisas a mais. Esse é outra produção que foi protagonizado pela Pam Grier e o Sid Haig.

O filme se passa numa ilha onde algumas mulheres são presas e levados a fazer trabalho forçado, assim uma mulher negra e uma branca ficam presas juntas e numa oportunidade elas fogem, começando uma caçada dentro da ilha.


por João Trettel

Nenhum comentário:

Postar um comentário