5 Filmes de Terror LGBT - Sessão do Medo

3 de abril de 2018

5 Filmes de Terror LGBT


Uma das coisas que mais gosto de terror é como eles tratam a diversidade de uma forma bem legal e única e também consegue fazer vários filmes com temáticas diferentes e sempre se concentrando no horror.

Como por exemplo "Festim Diabólico" que mostra um casal gay querendo cometer um assassinato ou até "A Noite dos Mortos Vivos" de 1968 de George Romero onde vemos o primeiro negro como protagonista de um filme, ou até mesmo "Corra" que trata a diversidade de uma forma assustadora.
Enfim os filmes de horror são sempre escondido dessas perolas maravilhosas. Então separei "5 filmes de Terror LGBT".

1º Garota Infernal (2009) Dir. Karyn Kusama


Apesar de eu não gostar desse filme estrelado pela Megan Fox e Amanda Seyfried, ele apresenta uma história de descoberta para as mulheres. Então temos cenas por exemplo onde vemos Seyfriend tendo uma atração pela amiga, mas aquele desejo reprimido. E o fato de Fox estar possuída por um demônio fica impossível manter essa relação.

2º A Hora do Pesadelo 2: A Vingança de Freddy (1985) Dir. Jack Sholder


Essa é uma perola do horror homoafetivo enrustido. Depois do sucesso que foi a primeira parte de 1984, vemos uma excelente continuação, mas com uma pegada bem mais sadomasoquista da parte de Freddy Krueguer. É bem interessante como o filme se apresenta em várias partes.

3º Return to Nuke’em High (Volume I) 2013 Dir. Lloyd Kaufman


Eu adoro os filmes da Troma e " Return to Nuke’em High" virou meu filme favorito. Não só pelas cenas de comédia com horror e gore que são simplesmente sensacionais. Como o romance que surgi de forma única entre amigas de colégio. Onde uma delas incorpora o "futanari" e a outra fica grávida. É simplesmente sensacional essas cenas.

4º Entrevista Com O Vampiro (1994) Dir. Neil Jordan


Eu adoro "Entrevista Com o Vampiro". Acho um dos melhores filmes de terror de todos os tempos, principalmente pela forma como ele é inocente ao se falar do sexo e também como vemos os vampiros de forma única, ou seja, no filme eles são abertamente gays nas cenas onde Tom Cruise e Brad Pitt estão juntos, dá para ver na cara dos dois o prazer de desfrutar do sangue.

5º Carmilla - A Vampira de Karnstein (1970) Dir. Roy Ward Baker


Acho que talvez esse seja o filme mais aberto ao falar de relação homossexuais e também um dos melhores filmes da lista.  Ele foi produzidos pela "Hammer" e faz parte da "Trilogia Karnstein", onde uma vampira tem sede de sangue por mulheres virgens. Assim ela passa o filme todo em cima de Madeline Smith, filha de um barão vivido por Peter Cushing. Então o filme consegue ser uma obra-prima.

Um comentário:

  1. Hoje em dia tem toda essa questão de LGBT. Filmes que estão saindo sobre esse tema são considerados revolucionários. Mas a bem da verdade, a década de 70 já tinha muito mais filmes sobre esse tema (sendo filmes de terror ou não) do que hoje. E muitas vezes de maneira bem mais corajosa. Por isso digo que a década 70 foi a mais revolucionária que já teve para o cinema. O que se faz hj em dia é tudo para seguir tendência.

    ResponderExcluir