Animais Assassinos: #4 Crocodilos - Sessão do Medo

20 de outubro de 2018

Animais Assassinos: #4 Crocodilos


Fala pessoal, e mais uma parte da série de animais assassinos, vamos falar hoje sobre essas criaturas tão assustadoras e incompreendidas. Devo ressaltar que serão abordados alguns filmes, não só de crocodilos, mas também de jacaré e mutações, mas todas focadas nesse ser pre-históricos. Os crocodilos estão em todo e qualquer no top 5 animais mais utilizados para fazer um filme de terror, é certo dizer que a aparência deles e o modo operante de atacar, assusta bastante. 

Dentre algumas curiosidades sobre esses 'dinossauros', temos: O Crocodilo é considerado o maior réptil vivo atualmente, e como eles não produzem calor, estão sempre com a boca aberta para absorver calor por meio dela, que possui uma pele fina e facilita a absorção. As mandíbulas de um crocodilo podem aplicar mais de três mil quilos de pressão, além disso, eles também têm uma audição muito aguçada. É tão boa, que eles podem ouvir seus bebês se mexendo dentro do ovo.

Aqui vou postar alguns filmes do gênero envolvendo esses animais, alguns dos longas não são considerados bons pela critica especializada e pelo consenso comum, mas vale o conhecimento de sua existência.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
1 - CROCODILO (2000)

Dirigido por Tobe Hooper, o primeiro capítulo foi um dos filmes do gênero que mais assisti, ele é bem legal, tem massacre, efeitos relativamente bons se levar em conta o ano em que foi lançado, e apesar de uma história clichê, dá para se divertir vendo as situações absurdas do roteiro. Se você assistir levando em conta que estamos no fim de 2018, pode ser um filme bem sofrível e com qualidade péssima.

Sinopse: Oito adolescentes vão passar as suas férias a bordo de um barco, num lago na Califórnia do sul.O passeio em breve se torna um pesadelo, quando roubam uns ovos de crocodilo.


Crocodilo 2 (2002) - Claire, a heroína e sobrevivente do primeiro filme, ainda está abalada. Vive tensa e é assombrada por insistentes pesadelos relacionados com o terror do passado. Depois que um criminoso sem escrúpulos sequestra um avião para roubar os passageiros, a aeronave acaba caindo em um pântano tenebroso. Lá, além de terem que lidar com o ladrão, vão ter que sobreviver a uma das criaturas mais sanguinárias do local: um crocodilo gigante.

Essa continuação mantem o nível do primeiro em questões de efeitos especiais, mas o roteiro é muito pior, o que faz com que esse longa seja mais fraco e sem graça.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
2 - MEDO PROFUNDO (2007)


Esse aqui, poucos sabem que existe, e olha que é um ótimo filme. Tem cenas tensas, trás uma ideia de realismo bem interessante o que faz com que o público fique bem tenso com as situações dos personagens. Curiosamente, o filme recebeu o título nacional de 'Medo Profundo', então quando você pesquisa a respeito na internet, só aparece informações sobre 'Medo Profundo', aquele com Mandy Moore que fala sobre duas irmãs que ficam presas no fundo do mar dentro de uma gaiola anti tubarão.   

Uma reclamação que ouvi a respeito dele, é que ele é um pouco parado e faz perder a paciência, mas acredito que pelo dele tentar ser o mais realista possível, evitou passar por situações absurdas como vistas em outros filmes do gênero.

Sinopse: Grace leva o namorado Adam e a irmã mais nova Lee para curtir as férias no norte da Austrália. Quando os três embarcam em um aparentemente pacato passeio de barco pelo rio, no entanto, um ataque inesperado faz com que Jim, seu guia desesperado, suma misteriosamente nas águas obscuras. Sem escolha para tentar sobreviver ali, perdidos e sozinhos, os três terão que explorar o pântano e encontrar um lugar seguro.


Curiosidades:

- O filme usou muito pouco CGI. O crocodilo foi real e os efeitos práticos foram usados.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
3 - PÂNICO NO LAGO (1999)

Eu cansei de ver esse filme, ele não é grande coisa, mas é um bom passa tempo, os efeitos práticos são bem interessantes, bem como algumas cenas envolvendo o gigantesco réptil, e o elenco é muito bom. Acredito que o maior problema dele é a história que enrola muito e não mostra mais do que queremos ver, sangue e pessoas sendo devoradas. Pelo contrário, sobrevive gente demais.

No geral, vale a pena dar uma assistida porque ele entrega exatamente o que oferece, sem mais e nem menos. Até porque esse filme gerou uma franquia com outros cinco filme, um mais asqueroso que o outros em tudo quanto é quesito.


Bill Pullman (Independence Day), Bridget Fonda (Um Plano Simples) e Oliver Platt (Os Impostores) têm em comum o gosto pela aventura, mas acabam encontrando ,mais adrenalina do que esperavam quando num tranqüilo lago da Nova Inglaterra eles encontram uma autêntica máquina de destruição. Uma equipe de investigadores, utilizando equipamento de alta tecnologia e armas de grande poder de destruição, enfrenta o mais feroz residente do lago Negro: um crocodilo pré-histórico de 9 metros.


Abaixo segue as sequências com as sinopses:


Pânico no Lago 2 (2007) - Na seqüência do clássico terror cômico de Pânico No Lago, o chefe de polícia local se une a um cientista paleontólogo de Nova York para achar o monstro que anda rondando a cidade. Eles logo descobrem que não estão procurando somente um crocodilo gigante, mas sim, três! Adicione ainda um excêntrico filantropo com uma queda por "Crocs" e uma eremita local.

Aqui o grau de ruindade chegou a um nível master. Curiosamente o filme é estrelado por John Schneider, o pai de Clark Kent da série Smallville.

Pânico no Lago 3 (2010) - Crocodilos gigantes continuam aterrorizando a região de Lake Placid. O biólogo Nathan Bickerman (Colin Ferguson) está disposto a encarar o terrível predador, assim como Reba (Yancy Butler), uma destemida caçadora que busca seu próximo troféu.

Se comparar com o segundo filme, esse aqui deu uma melhorada, porém a ruindade ainda é grande. Nesse caso, é mais aconselhável ficar com o original ou ver 'Primitivo' ou 'Morte Súbita'. 


Pânico no Lago 4 Capítulo Final (2012) - Os crocodilos estão de volta… e agora maiores, mais agressivos e brutais que nunca. Depois do último ataque mortal do predador, o governo impediu que fossem exterminados. Escondidos em uma reserva natural, eles vêm crescendo em número recorde, esperando a próxima chance de fazer aquele banquete de carne humana. Quando a equipe de natação de uma escola dobra uma rua por engano, entram direto no território de caça dos crocodilos… e o jantar está servido.

Aqui a coisa voltou a ficar ruim, e olha que gosto muito desses tipos de filmes, mas esse aqui é parado e acontece muita coisa clichê e mal feita. Foi um filme que nunca me interessou ver outra vez porque me lembro da tortura que foi assistir a primeira. E o pior, Robert Englund está no filme, parece que ele adora fazer esses longas com animais assassinos.... Porém, seria melhor se ele voltasse a ser o Freddy Krueger.     

Pânico no Lago: Projeto Anaconda (2015) - A história gira em torno de um grupo corporativo que vai até a cidade dos crocodilos gigantes para capturar um deles. A proposta é que apenas com um híbrido entre crocodilo e cobra que um sociopata poderia aperfeiçoar o soro da orquídea sangrenta. Obviamente, tudo dá errado. O crocodilo se solta, assim como as cobras e com a cerca desligada, libertando mais crocodilos para a ação. Para servir de comida, temos um grupo de garotas universitárias, que estão dando bobeira na beira do lago, esperando a morte certa. No encalço desse povo todo, temos a guerreira Reba (Yancy Butler), agora xerife e mãe de uma das universitárias.

Então penso num filme ruim, o pior, mais chato e sem noção. Ele tem efeitos horríveis, elenco tenebroso, e situações medonhas de tão ruins. A única curiosidade interessante daqui, além do retorno de Robert Englund e da Yancy Butler (Presente na franquia como Reba desde a parte 3), esse filme faz a união de duas franquias (Pânico no Lago e Anaconda) que viraram lixo tóxico por causa das sequências.

Pânico no Lago: Legado (2018) -  Vários anos após o filme original, um grupo de exploradores tem uma missão de investigar uma área removida dos mapas atuais e protegida por várias cercas elétricas. Uma vez que chegam ao centro do lago, encontram uma pequena ilha com um instituto que protege um terrível predador: um crocodilo gigante.

Esse filme é ruim, mas foi esperto. Com baixo orçamento ele evita mostrar o crocodilo de uma forma nítida justamente para esconder os problemas, apesar de que eles apareçam, tem uma história um pouco mais séria também. Mas, além de algumas cenas bem malfeitas, como o fogo no crocodilo. O elenco é muito ruim, rindo em horas erradas, olhando para a câmera vez ou outra, essas coisas. Sobre esse aqui, a única coisa boa de verdade da qual podemos tirar proveito... É do poster. 
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
4 - PRIMITIVO (2007)

Está aqui um filme divertido de ser ver, Primitivo trás um crocodilo assustadoramente mortal e feroz. E pior, ele é baseado em fatos reais, é claro, o animal é retratado de uma forma exagerada, mas só de imaginar que realmente existe um crocodilo que pegou gosto por carne humana e é responsável por matar pelo menos 300 pessoas na África, é assustador.

Sinopse: Um crocodilo de 8 metros de comprimento ameaça os povoados africanos, já que também é um devorador de homens. Ao saber da história, uma equipe de jornalistas norte-americanos decide filmar a criatura e capturá-la com vida. Porém quando o produtor Tim Manfrey (Dominic Purcell), o cinegrafista Steven Johnson (Orlando Jones) e o restante da equipe partem em busca do predador, eles não têm ideia do tamanho do perigo que correm.
Curiosidades: Na vida real, como visto neste filme, uma tentativa de atrair o crocodilo falhou. A equipe usou uma cabra viva como isca em uma noite, e a equipe continuou isso por dias. Um dia a cabra desapareceu. A câmera falhou na noite anterior devido a uma tempestade, e então questões políticas na área forçaram a equipe a sair do país. Deixando-os incapazes de saber o que aconteceu naquela noite.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
5 - ALLIGATOR (1980)

Esse filme fez parte a da minha infância, eu assistia demais porque adorava a lenda urbana do crocodilo que foi parar no esgoto onde cresceu e ficou gigantesco. Essa é minha opinião, mas acredito que, mesmo com seus problemas, Alligator é muito melhor que a maioria dos filmes de crocodilos que são lançados nos dias atuais.

Sinopse: Família volta da Flórida para Chicago, trazendo filhote de jacaré. O pai, querendo se livrar do problema de criar o réptil, joga o filhote na privada. Ele sobrevive e, nos esgotos, alimenta-se de lixo radiativo, tornando-se monstro gigantesco que sai às ruas da cidade fazendo vítimas.
Alligator 2 A Mutação (1991) - Filhote do jacaré mostrado no filme original também cresce de forma gigantesca nos esgotos, atacando desta vez em uma pequena cidade.

Essa sequência foi o filme mais reprisado na TV se comparado como original.
Curiosidades:

- O boneco animatrônico usado no filme foi doado aos Florida Gators como um mascote da equipe. Chamdo de 'Ramon', ele fez várias aparições antes dos jogos e durante o intervalo.

- O tiro da equipe da SWAT emergindo dos esgotos parecia tão real que as pessoas realmente pensavam que eram terroristas e alguns até chamaram a polícia.

- Em Alligator 2,  A cena do jacaré espreitando pelos suportes do túnel de esgoto e a imagem da saliva foram gravadas pelo original O Jacaré Assassino (1980).
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6 - MORTE SÚBITA (2007)

Esse é um filme que vale a pena ser vista, ele trás ótimas cenas de tensão, e brinca com o público com relação ao protagonista do longa. O elenco é muito bom e as situações que a história impõe é bem envolvente. 

Na verdade, esse foi uma grande surpresa para mim, eu comprei o DVD não esperando nada dele, e quando assisti fiquei bem contente com o conteúdo. É certo dizer que entra fácil no top melhores filmes de crocodilos. Se você ainda não viu, assista! 

Sinopse: Pete McKell é um escritor americano especialista em guias de viagens. Devido à explosão do turismo na região, ele viaja à Austrália. Ao chegar, resolve fazer um passeio de barco, no qual conhece a bela guia local Kate Ryan, por quem sente-se atraído, mas logo ficam ameaçados por um perigo que vem do mar, que pode destruir o barco em que estão. Eles conseguem se refugiar em uma pequena ilha, sem saber que ela própria está prestes a afundar.
Curiosidades:

- A sequência de cordas foi filmada ao longo de quatro noites.

- O maior crocodilo de água salgada da Austrália tinha 8,5 metros e foi baleado e morto em 1957.

- As cenas no covil do crocodilo foram filmadas em três semanas.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
7 - KILLER CROCODILE (1989)

Para quem viveu nos anos 90, esse é um dos mais emblemáticos do gênero. Se você aceitar os defeitos do filme levando em conta que é o final dos anos 80, a diversão é garantida. Um grupo de ecologistas busca provas de que uma poderosa empresa anda poluindo os pântanos de uma vila de pescadores, em algum lugar da América Latina. Eles chegam até um ponto do rio onde descobrem um depósito clandestino de lixo nuclear. Após colher amostras da água contaminada, o grupo parte de volta para a vila, sem desconfiar que a energia nuclear deu origem a um gigantesco crocodilo assassino.

Uma curiosidade é que ele tem uma sequência que foi filmada simultaneamente e lançada um ano depois, porém a história é bem mais fraca.

Killer Crocodile 2 (1990) - Os pântanos do Caribe, que devem ser transformados em um resort de férias, são novamente aterrorizados por um segundo crocodilo monstruoso que está matando qualquer um que esteja na água.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
8 - SEGREDO DE MALPARINKA (1980)

Confesso que assisti esse filme só uma vez há muito tempo, por isso lembro pouco dele, mas o que me lembro é do crocodilo comendo uma criança no rio, isso marcou bastante, até porque é muito raro ver um filme onde uma criança morre, Alligator é outro filme da qual isso acontece.

Há também uma questão de proteção ao animais que bate num dilema: Por um lado, um crocodilo devorador de crianças, por outro lado um animal que precisa ser protegido pelo guarda florestal.

Não posso dizer se vale a pena ou não assisti-lo porque realmente lembro pouco dele, mas para o bem ou para o mal, está aqui essa dica de filme. 

Sinopse: Na Austrália, crocodilo superdesenvolvido ataca e causa a morte de muitas pessoas. Mas é defendido com unhas e dentes por um guarda-florestal, porque o animal é considerado sagrado pelos aborígenes da região.

Curiosidades: 

- Depois de 14 anos em outubro de 2011, o filme está sendo lançado pela primeira vez em seu país de origem, a Austrália.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
9 - SURF SANGRENTO (2000)

Esse aqui é um daqueles bem toscos, o design da criatura é estranho e os efeitos são bem ruins. O público passa um bom tempo esperando para ver o crocodilo atacando, e quando aparece, desaponta. Até o final é bem fraco onde o croc praticamente comete um suicídio. Não é um dos meus filmes favoritos da lista, mas para quem gosta de surf e de ver turistas sem qualquer intelecto servindo de petisco para um crocodilo mal feito, está aí a sugestão.

Sinopse: Em busca da onda perfeita, Bog (Dax Miller) e Jeremy (Joel West) partem para a Grande Barreira dos Corais na costa australiana. Junto com eles, a cineasta Celily (Katie Fischer) e seu produtor Zack (Matt Borlenghi), encarregados de filmá-los nas perigosas águas da Oceania. Mas logo que atracam na ilha do Trovão , o grupo se depara com uma terrível criatura. Um gigantesco crocodilo de águas salgada que passa a perseguir o grupo. 

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
10 - FERA ASSASSINA (1979)

Esse é outro filme que vale mais pela nostalgia do que pelo conteúdo em si, os atores estão bem fraquinhos, o crocodilo é assustadoramente mal feito, e a história não prende, mas é um longa que está representa uma época boa, quem viveu nos anos 80 e ia a uma locadora pegar um VHS de terror, lá estava ele marcando presença.  

Ele foi dirigido por Sergio Martino, e aqui temos várias mensagens que o longa tenta discutir, como o fato de empresas de turismo estarem invadindo os espaços naturais. Ainda existe uma subtrama onde uma tribo indígena chamada Kuma se revolta contra o resort e todos os seus hospedes por causa do crocodilo que, para eles, é um Deus. 

Sinopse: Os turistas de um resort tropical são atacados por um jacaré gigante.


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Existem muitos outros filmes do gênero como: Dinocroc (2004), Supergator (2007), Zombie Croc (2015), Robo Croc (2013), entre outros. Mas, acredito que os melhores filmes já foram mencionados.

Eu adoro esses animais e gostaria de ver mais filmes bons sobre eles,coisa que anda muito raro de acontecer. É isso pessoal, até a próxima.  

2 comentários:

  1. Muito bom esse seu quadro Michael,uma dica pra próxima lista de eco-terror podia ser de insetos assassinos (sei que você já fez um com baratas,mas esse poderia ser insetos em geral).

    ResponderExcluir
  2. Anônimo10/22/2018

    Assisti os 6 primeiros quando criança, mas meu preferido era o primeiro Crocodilo 2000, a sequencia eu não curti muito.

    ResponderExcluir