[Resenha] BD Quarentena - Sessão do Medo

22 de junho de 2012

[Resenha] BD Quarentena

Continuando com as resenhas dos Blu-Rays, hoje eu vou falar de outro terror que faz parte da minha coleção. O filme Quarentena versão americana do espanhol [Rec]. Não curto muito comprar esse tipo de filme em Blu-Ray, filme escuro, geralmente tem muita imperfeição na imagem, mas o preço tava em conta apenas 19,90 passei a mão no bolso e acabei comprando o Blu-ray, mesmo tendo o filme em DVD e foi decepção na certa.O Blu ray é o DVD sem tirar nem pôr. A única diferença é que tem o recurso BD-Live, coisa que ninguém usa, já que quase ninguém tem o aparelho conectado a Internet  O menu é o mesmo, os extras são os mesmo, a imagem é a mesma, só o som que é um pouco melhor que o do DVD.




A Imagem:

Já era de se esperar que um filme escuro e com o estilo de filmagem quase amador não tivesse uma imagem primorosa. Então não posso disser que o BD tem a imagem ruim, muito pelo contrario tá boa, sem granulação, com um bom nível de preto bacana e cores solidas, mas não tem uma nitidez boa o suficiente pra diferenciar do DVD que também tem uma imagem excelente. Não é culpa do Blu-ray e sim do filme e do jeito que ele foi gravado. Confira abaixo alguns screens do filme em Blu-ray. Clique na imagem pra ver com a resolução original:


























O Som:
O Áudio é em 5.1 Dolby TrueHD da pra notar a diferença do som do DVD pro som do BD, o som é mais claro, mas potente e alto. A distribuição que áudio tá muito boa, quem tem Home Theater vai gostar de ver o filme com os 6 canais de áudio separados. O filme explora isso com sons ambientes de barulhos no prédio, helicópteros e sirenes, tudo isso dividido em 6 canais de áudio criam um som envolvente que faz toda a diferença. Já tinha visto o DVD com o Home Teather ligado, a diferença na distribuição de áudio é a mesma, só o que muda é ser mais potente e mais claro. 

O extras:
O mesmo conteúdo presente no DVD. São poucos extras, nada de especial. são esses ai:

-Comentário dos diretores: Uma faixa de áudio com os comentários dos diretores do filme.

-Making Of: Uma pequeno Making of de 10 minutos fando sobre o filme. O mais comédia do making of são os atores falando como se esse filme fosse um dos mais criativos já inventados, nem mencionam o fato de ser uma refilmagem.

Maquiagem de Robert Hall: Um curto documentário mostrando detalhes da maquiagem dos infectados.

Anatomia de uma cena: Cenas dos bastidores, mostrando o trabalho dos dubles em cenas como a queda da escada.

Trailers: trailers de outros filmes.

Consideração Final:

Um Blu-ray razoável que quase não tem diferença com o DVD. Quem tiver o filme em DVD já é o bastante, o Blu-ray não oferece nada que já não tenha sido visto no outro formato.