Crítica: Bates Motel | 4ª Temporada (2016) - Sessão do Medo

18 de maio de 2016

Crítica: Bates Motel | 4ª Temporada (2016)

Pensando em quem minha mãe vai matar agora...
Estamos com a história de Norman Bates no 80% e já tava na hora de dar mais up na história. A terceira temporada de Bates Motel deixou todos na expectativas que veríamos mais vezes a Mother - a segunda personalidade de Norman (Freddie Highmore) baseada na própria mãe - atacando. Aliás, esse é o principal propósito da série, já que a mesma é uma reimaginação moderna pré-Psicose.

De fato, no início, até vemos. Logo no episódio 1, vemos a Mother atacar a primeira vítima da temporada: a mãe de Emma, que retorna para ver a filha, prestes a fazer um transplante. Claro, podia ser mais uma jogada para prender os telespectadores, e em certa parte foi, mas no geral, ajudou a criar bastante expectativa para a penúltima temporada. Obviamente, ninguém sabia o que houve com a mãe de Emma, pois Norma(n) fez um bom trabalho em esconder isso.

De uma forma ou de outra, ele acabou parando no sanatório particular Pineview. Para que pudesse pagar o plano, Norma (Vera Farmiga) teve que se casar com o Xerife Romero (Nestor Carbonell) - o que podemos concordar que teve segundas intenções desde o início, já que a tensão sexual entre os dois vem explodindo desde a temporada passada.

Enquanto Norman estava internado lá no Pineview, acontece várias coisas: Para que o casamento não seja considerado como inválido, Romero vai morar com Norma e os dois acabam se entregando ao romance. Há um subplot (bem enche-linguiça) envolvendo Romero e uma bancária, que ajudava o vilão da temporada passada a lavar dinheiro e está sendo investigada por isso. Emma conseguiu a cirurgia e já estava respirando normalmente sem o uso daquele treco que ela carregava para cima e pra baixo. Para que continuasse o tratamento, ela e seu pai teria que se mudar para Seattle e Dylan (Max Thieriot) iria junto com eles.


SPOILERS: Chegando perto da reta final, Norman acaba voltando para a casa, sem ter conhecimento (oficial) da relação de sua mãe com o xerife, mas claro, já desconfiando. À medida que nos aproximamos do fim, o elefante no meio da sala não podia mais passar despercebido. Para quem não sabe, na história original (e no livro), Norman mata a sua mãe e seu amante envenenados. Portanto, todos se perguntavam se a série iria seguir os passos, que era o mais recomendável.

Apesar disso, sabemos que uma season finale de Bates Motel não é uma season finale se ninguém morrer. Portanto, todos apostavam em Romero, já que Emma e Dylan se mandariam pra longe da família de loucos, salvando o deles da reta. Para a surpresa e o choque de todos, no penúltimo episódio tivemos a morte de Norma, causada pelo filho, que vaza gás pela casa tentando matar ambos, mas claro, sem se lembrar de nada.

De uma certa forma, a morte dela pareceu meio abrupta e como disse o Marcelo, esperava algo mais elaborado. No entanto, isso fez com que tivéssemos um vislumbre de como a vida do Norman será sozinho, no episódio 10. Por falar nisso, os últimos 8 minutos da season finale foram bem bizarros não acham? Norman roubando o corpo da mãe, achando que ela está viva e depois se dando conta que não está.

FIM DOS SPOILERS.

Que sono zZz
Infelizmente, achei a temporada meio irregular. Sinto que ela repetiu os mesmos erros da terceira: começou prometendo bastante, não soube sustentar a história nos episódios seguintes e ganhou pontos no desfecho inesperado, em seus três últimos (e ótimos) episódios finais. A grande virtude é o fato de conter apenas 10 episódios por temporada, o que não deixa nada muito cansativo como uma série de 13 ou mais.

O que esperamos do último ano da série, que acabará em sua 5ª temporada, é que ela feche com chave de ouro essa odisseia psicótica de Norman Bates. Recentemente já foi confirmado que teremos a personagem Marion Crane, a famosa vítima do banheiro do filme Psicose na nova temporada. Ou seja, podemos muito bem esperar uma reformulação da cena original!
por Neto Ribeiro

Criada por: Carlton Cuse
Canal: A&E
Episódios: 10
Elenco: Vera Farmiga, Freddie Highmore, Nestor Carbonell, Max Thieriot, Olivia Cooke