Minuto do Medo #24: "Home Education" - Sessão do Medo

22 de março de 2019

Minuto do Medo #24: "Home Education"


Assim como em One Please (2014) e The Separation (2003) - dois curtas que já passaram pelo Minuto do Medo -, o terror em Home Education (2016) é psicológico. Não há fantasmas, demônios, monstros e nem sustos; mas, sim, uma atmosfera sombria que permeia toda a história e, de alguma forma, lembra os elogiados A Bruxa (2015) e Hereditário (2018)

Esse curta britânico traz a história de uma adolescente (Kate Reed) e uma mãe extremamente controladora (Jemma Churchill) que conservam o cadáver do patriarca da família (Richard Ginn) em casa. O motivo: a mãe convenceu a filha de que o homem está fingindo a própria morte e irá "ressuscitar" quando elas lhe mostrarem o quanto sentem sua falta. 

A direção é de Andrea Niada, cineasta italiano radicado em Londres que é bem-sucedido na tarefa de desenvolver as duas personagens principais - algo não tão recorrente em curtas de terror, já que, por se tratar de apenas alguns minutos, basta colocar o ator em cena para ser morto ou confrontar entidades sobrenaturais sem se preocupar em apresentar sua personalidade, seu passado, seus conflitos etc. Niada foi ainda muito feliz na escolha das atrizes: além de talentosas, Kate Reed e Jemma Churchill são extremamente parecidas, quase mãe e filha na vida real. 

Para quem for assistir ao curta, há legendas disponíveis em português - basta ir no ícone de configurações e selecionar "legendas" e depois "português".