Minuto do Medo #32: "O Duplo" - Sessão do Medo

17 de maio de 2019

Minuto do Medo #32: "O Duplo"



O que você faria se descobrisse uma cópia sua, alguém exatamente igual a você?

Vimos essa ideia recentemente em Nós (2019), mas sete anos antes do lançamento do filme de Jordan Peele, o curta nacional O Duplo (2012) contou uma história bem aterrorizante no mesmo estilo. No enredo, Silvia (Sabrina Greve, da série Assédio) é uma professora de matemática que tem a vida abalada quando vê seu doppelgänger - termo em alemão usado para definir a cópia maligna de uma pessoa - pela janela da sala de aula. 

A direção aqui é de Juliana Rojas, que codirigiu o elogiado As Boas Maneiras (2017) e entregou um curta bem tenso e que trabalha o suspense do início ao fim, contando ainda com boas atuações do elenco e uma fotografia exemplar. É interessante notar como Rojas coloca o espectador no lugar de Silvia, levando-o a sentir toda a angústia e medo vividos pela protagonista. Nunca antes o barulho do estalo do elástico de uma pasta foi tão perturbador: a agonia é real e crescente naquela cena da reunião. 

O Duplo ganhou uma menção especial no Festival de Cannes e levou o prêmio de Melhor Atriz para Sabrina Greve no Festival de Gramado em 2012. A produção também está na lista dos 100 melhores curtas-metragens nacionais da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine), seleção organizada por críticos, professores e pesquisadores de todos o país.

Ou seja, não há motivo para não ver! Aproveite ainda para assistir aos outros curtas do Minuto do Medo clicando aqui.