Crítica: Into the Dark 1x11 - "Obcecado Por Você" - Sessão do Medo

15 de agosto de 2019

Crítica: Into the Dark 1x11 - "Obcecado Por Você"


As férias acabaram, é hora das voltas às aulas em Into the Dark. Bem diferente do que acompanhamos por dez episódios, na reta final de sua primeira temporada, o projeto do Hulu não trouxe nenhum feriado para contextualizar o terror temático, mas investiu num cenário escolar para instaurar o que poderia ser uma das empreitadas mais interessantes, no entanto, faltou um pouco mais de ambição para dar alma a trama.

Uma semana depois que o Colégio Helbrook deu início ao ano letivo, fomos apresentados a Erica Yang (Annie Q., The Letftovers) uma aluna exemplar da instituição ficar em detenção no final de semana, juntamente com outros 4 alunos numa biblioteca. Para chacoalhar a punição dos jovens, o local carrega a história de que um antigo espírito que surge todos os anos para ceifar os "maus alunos".

Perante a abertura do décimo primeiro capítulo do show, parecia de fato que teríamos uma abordagem slasher digna de um clássico do subgênero, mas quanto mais Obcecado Por Você caminhava para tomar forma, a história da vez sofria com a falta de carisma e um apelo tão genérico que não conseguia empolgar.

Dá até para se perder na contagem das vezes que a comédia dramática O Clube dos Cinco (1985) teve a simples união de adolescentes em detenção numa biblioteca reutilizada para justificar o momento em que personagens se veem interagindo. Ao menos, estendendo a rasa referência, o vice-diretor Mr. Armstrong (Hugo Armstrong, Coherence) teve uma influência significativa com a trama.

Aliás, os personagens foram de longe o que sobressaíram aqui. O diretor Mike Gan (do inédito Burn) não se preocupou muito em explorar os coadjuvantes, porém, construiu a protagonista de maneira interessante e irônica, fazendo o anticlímax plot de terror na escola não se tornar uma grande perda de tempo. Assim, essa aposta possibilitou um ótimo desenvolvimento entre os personagens, à medida que tentava inserir a tensão aos pedaços.

Annie Q. como Erica.
O grande problema de School Spirit (no original) foi se debruçar por um texto que não permitiu arriscar com a premissa, mas se limitou em trabalhar com situações e uma execução repleta de conveniências para encaixar o elemento slasher. Tendo em vista que o formato da série focou em uma hora e vinte de duração por episódio, fica completamente estranho quando se percebe que o enredo se estende mais do que deveria e a coisa parece não sair do lugar.

Mesmo que para um filme duvidoso do subgênero, é de esperar cenas de perseguições e até um elo entre o(a) assassino(a) com sua caracterização e a protagonista, mas nesta versão do Hulu, Mike Gan não alcançou esse feito: o contexto que fizesse sentido para a trama estava lá, e também a ligação por trás do mistério da escola e a dúbia Erica, mas faltou mais sequências em que testificasse tal "embate".

E o que deveria ser um dos pontos mais certeiros com o killer em ação, o penúltimo episódio de Into the Dark deixou a desejar. Foram muitos os assassinos mascarados no universo slasher que se destacaram com a customização e a trama que estavam envolvidos, mas em Obcecado Por Você a mitologia é óbvia em todos os sentidos, e o titulado Almirante foi colocado como vilão sem nem passar tensão nem intimidar em cena.

Parecia de verdade um espírito morto vagando por uma escola e optar por não explorar o pânico nesta ambientação foi o cúmulo na falta de criatividade em que tinham um perigo em evidência, mas que não era ameaçador.


Um slasher de que nada se reinventa, mas recicla arcos datados resultando um produto entediante, é que no que essa façanha se resume. Por um lado, apontou que seria tenebroso, porém, se manteve na impressão de que um terror estava sendo traçado.

Nem no desfecho Obcecado Por Você se poupou da obviedade, finalizando a trama exatamente como se cogitava. Mas, novamente, Erica Yang se mostrou ser a melhor coisa que escreveram para esse capítulo, marcando pontos com a personalidade e o cínico monólogo. Em meio a história do espírito assassino do colegial, o inegável é que o Almirante levou tudo, o entusiasmo, a apreensão, a trama envolvente e a intimidação, deixando somente o tédio como lembrete de que cumpriu a maldita tradição.

Título: Into the Dark - School Spirit
Ano: 2019
Duração: 82 minutos
Direção: Mike Gan
Roteiro: Patrick Casey, Josh Miller, Mike Gan
Elenco: Annie Q., Corey Folgemanis, Jessi Case, Julian Works, Phillip Labes